segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

A queda

Infelizmente, cair faz parte do campeonato. O Corinthians buscou e sacramentou sua queda desde que assinou com a MSI. Fazer acordo com bandidos e mafiosos nunca termina bem. Ainda na minha coluna no Distintivos.com.br eu disse, na época da assinatura do contrato, que a coisa ia ser feia quando eles saíssem.

O ano de2008 será sofrido, mas de renascimento. Há poucas coisas na vida que eu acredite mais do que no fato de tudo ser impermanente. Há dores que parecem eternas. Mas acabam. E via de regra, tornam-se alegrias.

Não torci para o Corinthians cair. Mas existem dois corinthianos no mundo que me fazem querer o bem do Corinthians: Alexandre Aníbal, especialista em futebol uruguaio/argentino e Eduardo Fernandes do Santos, amigo meu de Osasco. Eles não merecem tamanho sofrimento.

Em 2008, sorte para o Corinthians.

2 comentários:

Alexandre Giesbrecht disse...

Em compensação, um outro corintiano, de Santa Catarina, mais que merecia. Caiu do alto de sua pedância!

Alexandre Anibal (AA) disse...

Obrigado pelas palavras e pela consideração, Mestre.

Espero que esse evento seja determinante para que o clube possa se reestruturar e voltar a ser o grandioso clube que é.

Jogadores e nomes passam. O Sport Club Corinthians Paulista não merece isso.