terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Fifa quer burocratizar a paixão

Citado pelo brilhante PVC, o não menos brilhante Celso Unzelte bem definiu: “Não é preciso chamar Dom Pedro de Presidente da República para entender sua importância.”

A decisão da Fifa (aquela que se cala quando deve falar e fala quando deveria se calar) sobre os Mundiais é tão polêmica quanto inútil e desnecessária. Ora, como ignorar que gigantes como Real Madrid, Peñarol, Santos, Flamengo, Independiente, Nacional de Montevidéu e Ajax são campeões mundiais de fato? E como negar que os brilhantes Estudiantes, Olimpia, Estrela Vermelha, Vélez Sarsfield e Borussia Dortmund já foram donos do mundo?

Com essa inútil decisão, a Fifa demonstra ignorar o que ela deveria mais prezar: a paixão pelo futebol, o valor de um título. Burocratizar tal sentimento é de uma burrice e de um cinismo ímpar.

Por outro lado, discuta-se regulamentos (para mim, time de país-sede ou time que não ganhou torneio continental terem vaga é um desacerto), discuta-se times fracos (em tempo, sou a favor de um time da Oceania sim, seja ele da Nova Zelândia, de Vanuatu ou da Micronésia: a beleza do futebol é sua democracia), discuta-se o Mundial cancelado de 2001, discuta-se o que quiser.

Mas o Corinthians é campeão mundial de 2000 (junto com o Boca Juniors, campeão da Intercontinental, mas é), o São Paulo é de 2005, o Inter de 2006 e o Milan de 2007.

Repito: burocratizar o futebol é tirar dele o seu combustível.

Quem entra nessa é por duas razões: má-vontade ou desinformação.

4 comentários:

Wilson Hebert disse...

Os conservadores da FIFA estão muito revolucionarios. Pena que algumas das revoluções sejam maléficas. E essa atitudes são tomadas por quem manda no futebol. Uma lástima. Só espero que não resolvam desconciderar o reinado de Pelé, já que eles passam a impressão do esporte ter começado ontem.-----------Não percam a homenagem que fiz a Kaka no "futebol, musica e etc". Todos serão bem vindos. O endereço é http://whsoccermusic.zip.net

mihail disse...

fica nervoso não bindi, um dia vcs ganham um mundial haha
brincadeira

abraço

davi disse...

geralmente má-vontade mesmo... rivalidade, chacota, etc. mas de fato eh irrelevante qnd o torneio é realmente relevante e os confrontos importantes.

Rodrigo - Arena Virtual disse...

Isso é mera formalidade. O que importa realmente, como você bem frisou, é a paixão que nós sentimos pelo futebol. E até esse tipo de discussão é benéfica rsrs
abraço
--
www.arenavirtual.uniblog.com.br