quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Herança Maldita

Já vi inúmeras entrevistas de Andres Sanchez e de Mario Gobbi, respectivamente, presidente e diretor de futebol do Corinthians dizendo que vão fazer "uma limpa" no clube, para livrá-lo dessa "herança maldita" deixada pela gestão Dualib.

Tal afirmação é de um cinismo e de uma cara-de-pau inacreditáveis! Sanchez era braço-direito de Dualib e saltou fora do barco quando este começou a fazer água, mesma atitude de Mario Gobbi, então braço-direito de Nesi Curi.

É inacreditável.

E tem corinthiano que acredita nessa gente.

* * *

Dos lados palestrinos, o ex-presidente Mustafá Contursi (aquele que prefere piscinas aquecidas e Gioino no ataque) fica soltando boatos dos mais variados tipos pelas alamedas palmeirenses, a fim de desestabilizar a atual diretoria e tentar, miseravelmente, voltar. Outro dia, numa lanchonete ao lado do Departamento de Tênis, um diretor disse a quem quisesse saber: "ouvi dizer que em 2009, o Palmeiras estará insolvente e quebrará".

Esse é apenas um dos boatos. O único que ouvi estando presente.

Pior que tem jornalista que dá guarida a ele, oferecendo longas entrevistas à essa figura que pelo bem do futebol, devia-se manter num merecido ostracismo.

* * *

Na Baixada Santista, Marcelo Teixeira, o rei Netuno I, é reeleito pela sexta vez como presidente do Santos.

Eleito, na maioria das vezes, por conselheiros das antigas, que viram Pelé.

E que acham que está tudo bem. Quando Netuno I sair, o buraco santista será profundo e impagável.

* * *

Bom, se há quem dê títulos de Homem do Esporte do ano a Ricardo Teixeira...

4 comentários:

Wilson Hebert disse...

O Andres Sanchez é brincadeira... Lembro-me de tê-lo visto dando uma entrevista, no nostalgico e embrulhador de estômago, Terceiro Tempo (Faz um ano e meio que não vejo mais esse programa) respondendo em nome da MSI. Ora ele era diretor do Corinthians. Eu não entendi nada, e agora o homem virou presidente. Não era esse que era bem ligado com o tal de Kia Jorabi...alguma coisa???

Sobre o Mustafa, me da a impressão de se tratar do Eurico paulista, com a diferença que conseguiram tirá-lo do poder.

O Marcelo T. me parecia (de longe) ser um bom presidente. Estou chegando a conclusão que sempre estive enganado.

Enfim, não posso ver entrevista de cartola enquanto faço uma refeição, se não...

Um abraço Bindi.

Alexandre Giesbrecht disse...

Quem não conhece a história está destinado a repeti-la. Eu sempre acreditei nisso. O que me faz questionar, se não a inteligência, as intenções dos envolvidos nessas três histórias, é que todos conhecem a história. Mas não parecem nada dispostos a aprender com elas. Parodiando a frase da vez: "Sempre na história deste país..."

Filipe Lima disse...

O Corinthians quer repetir os erros.

O Palmeiras está tentando evitar o repetimento dos seus.

O Santos ama seus erros.

Resumindo, é isso.

Guto disse...

e depois vc quinada reclama do marketing do São Paulo...