terça-feira, 31 de julho de 2007

Curiosos times da Copa Sul-Americana

Começou ontem, dia 31 de julho, a Copa Sul-Americana. Como é um torneio com os times sul-americanos que não necessariamente tenha sido campeões da temporada em seus países, reúne alguns nomes bastante curiosos e times quase desconhecidos: em outros tempos, surgiram Pachuca, Universitario de Sucre, Huachipato e Santiago Wanderers (Chile), Cienciano e Coronel Bolognesi (Peru), Deportivo Italchacao, Trujillanos e Carabobo (Venezuela), Carabobo. A edição 2007 não foge à essa regra.

Além de recomendar o ótimo Guia que a Trivela preparou, listei abaixo os 5 times mais desconhecidos e informações "caixinha de surpresas" sobre eles.


Arsenal (ARG)

- foi fundado por Julio Grondona (atual presidente da Associação Argentina de Futebol, um dos homens mais poderosos do futebol sul-americano) e seu irmão Hector. O atual presidente do clube é Julio Ricardo Grondona, filho do presidente da AFA;

- o nome do time se inspirou no homônimo inglês, admirado pelos irmãos Grondona;

-é da cidade de Sarandí, próxima à Avellaneda. Suas cores homenageiam os dois mais vitoriosos times argentinos, o Racing (azul) e o Independiente (vermelho), ambos sediados em Avellaneda;

- o estádio do clube (chamado oficialmente Julio Humberto Grondona), é apelidado de "el viaducto", pois na década de 50, o trânsito da Avenida Mitre era muito confuso. Quando foi construído um viaduto, a obra foi inaugurada com muita pompa, o que tornou-se um fato quase folclórico e que apelidou toda a cidade de Sarandí como "el viaducto";

-Ibrahim Sekagya (atualmente no time austríaco do Red Bull Salzburg) foi o primeiro ugandês a jogar no futebol sul-americano, jogando no Arsenal de 2005 a 2007, depois de passar pelos argentinos Atletico Rafaela e Ferro Carril Oeste.

* * *
Jorge Wilstermann (BOL)
- foi fundado por funcionários do Lloyd Aéreo Boliviano, com o nome de San José de la Banda, usando uniformes branco e azuis (o vermelho atual foi colocado por idéia do ex-presidente Jorge Rojas Tardío, que dizia que o vermelho representava garra, força e espírito de luta;

- o nome Jorge Wilsterman homenageia o primeiro piloto comercial boliviano a cruzar o Pacífico (o aeroporto da cidade-sede do time, Cochabamba, tem o mesmo nome);

- a palavra "cochabamba", que dá nome à cidade-sede, tem origem no idioma quechua e significa "lago da planície" qhucha: lago e pampa: planície

- o estádio do Jorge Wilsterman se chama Felix Capriles, senador boliviano que ajudou muito no início da construção do estádio;

- em 1980, os "aviadores" tiveram o brasileiro Jairzinho (campeão do mundo em 70) em seu time.


* * *
Olmedo (EQU)
- o nome Olmedo homenageia o poeta e político equatoriano José Joaquín de Olmedo, chamado no país de "Pai da Pátria", pois foi um dos poucos a se opor a Simón Bolívar quando da independência do país;

- o "Ciclón Andino" usa uniforme todo azul, pois a cor lembra as neves eternas dos Andes Equatorianos. A cor do time, por essa razão, seria branco, mas os fundadores acharam "sem-graça";

- a cidade-sede do time, Riobamba (a mais de 2700 m de altitude), está cercada de vulcões em atividade, como o Chimborazo, o Tungurahua, o Altar e o Carihuayrazo. O nome Riobamba vem de Tomebamba, nome da capital inca do Equador, cujo nome significa "casa (tome) dos governantes (bamba)"



* * *
Zamora (VEN)


- maior ascensão do futebol venezuelano, subiu da Terceira para a Primeira Divisão em três temporadas, após grande injeção financeira da indústria petrolífera;

- fundado como "Panteras Hípicas" (que é um de seus apelidos até hoje, apesar do mais popular ser "Os Quixotes"), mudou para Zamora em homenagem a Ezequiel Zamora, militar venezuelano que lutou pela manutenção da unidade do país durante a Guerra Federal. Morreu antes da guerra terminar, por isso virou um dos grandes heróis nacionais da Venezuela.

- a sede do time é a cidade de Barinas, cujo nome é o mesmo
de um vento que prenuncia a estação chuvosa na região dos Llanos (rico ecossistema da América do Sul setentrional assemelhado ao Pantanal). O nome vem do povo indígena Barí.

- os Quixotes jogam no
Estádio Agustín Tovar, também chamao de La Carolina. Agustín Tovar Albertis foi senador no início do século 20 e um dos grandes beneméritos da Venezuela. La Carolina é homenagem à sua filha Carolina, que Tovar dizia ser a razão de tudo que fazia pelo país.

* * *

Carabobo (VEN)
- foi fundado como Valencia FC, o nome de sua cidade-sede e como forma em homenagem ao time homônimo espanhol (tinha, inclusive, as mesmas cores). No final da década de 90, passou a se chamar Carabobo, que faz referência o nome do estado em que fica Valencia. No início, usava a cor verde, mas pouco tempo depois, sua torcida pediu o uso do grená, para imitar a seleção venezuelana;

-por causa das cores, o apelido do time é "vinotinto", assim como a Venezuela;

- o escudo do time tem um sol nascente, também encontrado na bandeira do estado de Carabobo;

- o nome Carabobo é de origem arauque (povo indígena que habitava o Caribe e norte venezuelanos) e significa "região com muita água": karau significa região e bo, água. A repetição da palavra bo é como se forma o plural no idioma arauque: repetindo a última sílaba;

- é no estádio Misael Delgado que o Carabobo joga suas partidas. O nome do estádio relembra um policial valenciano morto no golpe de estado no final dos anos 50 que levou
Wolfgang Larrazábal ao poder.



3 comentários:

Marcus disse...

Salvo engano, o capitão da seleção de Uganda, Sekagya, marcou ainda o gol de nº 80.000 da história do futebol profissional argentino. Abraço!

Alexandre Anibal (AA) disse...

Absolutamente certo, Marcus!

Foi num jogo contra o River Plate no Apertura de 2005.

Hélio disse...

Caro amigo, não se esqueça: o "Jorge Wilsterman" teve em sua fileiras o folclórico Túlio Maravilha.