quinta-feira, 12 de julho de 2007

Corinthians e MSI

Meu avô paterno Hermelindo é corinthiano. Dos fanáticos.

Minha melhor amiga, Viviane, é corinthiana. Das fanáticas. A mãe dela, Dona Nice, é a corinthiana mais fanática que eu conheço.

Grandes amigos, como Alexandre Anibal, Edson Gabriel, Ubiratan Leal, Roberto Piantino e Dassler Marques, são corinthianos.

Minha esposa Eliana é corinthiana (embora torça mais pelo Juventus).

Minha bisavó materna, Sebastiana, palestrina até a medula, costurava as meias dos primeiros jogadores corinthianos.

Meu tio Ernâni Matarazzo, um dos mais importantes diretores da história do Palmeiras, tinha em Vicente Matheus um amigo-irmão, de imensa fidelidade.

Tenho, portanto, imensos motivos para lamentar profundamente essa várzea mafiosa que virou o Corinthians, um dos times de futebol mais gloriosos do mundo. Esse bando que chefia o Corinthians não o merece. E não vale as meias furadas que minha nonna costurava.

Sorte saber que tudo é impermanente e eles um dia vão embora. Que seja logo.


5 comentários:

Dassler Marques disse...

po, ce entregou todo mundo.
que calhorda!

hahahaha

abraço e até mais!

Maurício Vargas disse...

Só fica o medo de, de repente, eles deixarem vestígios e danos irreparáveis quando saírem.

Abraços

Alexandre Anibal disse...

po, ce entregou todo mundo.
que calhorda! [2]

huahuahuahuahuahuahua

Eu já aguentei Alex Rossi, Baré, Bobô, Taíka, Kel, Alcindo, Romeu, Nei-mão-de-pau e tantos outros. Mas aguentar ladrão na direção é muito mais vergonhoso do que aguentar todos esses jogadores citados aí em cima.


Nessas horas eu me conforto num pensamento singelo:

"não há mal que nunca se acabe ou bem que nunca se acabe"

Abraço!

Futebol disse...

po, ce entregou todo mundo.
que calhorda! [3]

Essa situação me enoja tanto como aquela palhaçada selvagem feita pelos marginais no Pacaembu ano passado na eliminação pelo River da Libertadores.

Se São Jorge e pessoas de bem existem, que intercedam já.

Futebol disse...

Roberto Piantino (autor do comentário que saiu assinado como "futebol")