sexta-feira, 11 de maio de 2007

Pobre Futebol do pobre Vale

A geografia me levou, nesses três últimos dias, ao Vale do Ribeira (lado paulista e lado paranaense), região extremamente pobre dos ricos estados de São Paulo e Paraná. Há um projeto de recuperação da mata ciliar do Rio Ribeira e de alguns afluentes principais e a empresa que trabalho está sendo chamada para fazer toda a cartografia do projeto. Um orgulho e um imenso prazer.

Estive nos municípios paulistas de Miracatu, Iguape e nos paranaenses de Rio Branco do Sul (onde fica a maior usina de cimento do Hemisfério Sul) e Cerro Azul. Como de praxe, em meio ao trabalho, meu fanatismo pelo futebol me fez assuntar sobre o esporte nessas cidades. E, em nenhuma delas, há sequer uma nêsga de esperança de termos futebol profissional.

Em Iguape, Rio Branco do Sul e Miracatu há estádios municipais, mas todos eles muito acanhados, onde de vez em quando há disputas de jogos entre times amadores e de várzea. Já é alguma coisa, mas é uma pena que uma região tão pobre não tenha a alegria de um time de futebol de verdade.

Relembrando de cabeça os times que já estiveram no Campeonato Paulista, os únicos representantes do Vale - SP que me recordo são o Comercial de Registro (alvirrubro, tradicional demais), o União do Vale, de Juquiá, o Cananéia Atlético Clube (esses, bem mais efêmeros).

Do lado paranaense, nada.

É uma pena. Inclusive, em Iguape, fiquei sabendo que torneios amadores movimentam a cidade. Seria legal que o futebol fosse um instumento, que além de trazer alegria à cidade, traria um pouco de inserção social. Essa semana mesmo, o Paraná Clube abriu uma escolinha em Cerro Azul. Já é um começo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Dirceu Rodrigues...mais conhecido como Cana.

Concordo plenamente com suas palavras. Nasci no Vale do Ribeira, precisamente na cidade de Cananéia, de onde sai para disputar um Campeonato Paulista justamente pelo Comercial de Registro. Não segui carreira porque fui prejudicado por um contrato mal elaborado e acabei desistindo de continuar pela opção do trabalho.
Hoje, em Canis (como nós caiçaras a chamamos carinhosamente), o esporte evoluiu muito...mas não o suficiente. Espero que isso aconteça em breve!

Até a próxima!!

marcos disse...

estou em fase de montar um centro de treinamento em miracatu.
se a prefeitura ajudar quero disputar o paulista de 2009.
meu nome e marcos gusmao
quem quiser saber mais entre em contato
marcoscoach@gmail.com

rodrigues_miqueias disse...

Sou ex profissional de futebol profissional.
gostaria de manter contato com voces. Como filho e criado em iguape onde tenho minha familia mas morando fora do e trabalhando com o futebol profissional como técnico vou a Iguape sempre que posso e minha tristeza é perceber o descaso pelo esporte educacional em uma cidade de tanta riqueza esportiva e sem projeto nenhum de inclusão social E quanto mais se falarmos em futebol profissional nessa região tida como apendice politico e cada dia proliferando a marginalidade.
*
rodrigugues_miqueias@hotmail.com