terça-feira, 22 de maio de 2007

Milan x Liverpool



Não vou falar do jogo, não vou fazer previsões. Como sempre, vou abordar um lado diferente de cada um dos times. Milan e Liverpool. Liverpool e Milan.

LIVERPOOL
Origem do nome da cidade
Ainda é muito debatido. Mas há duas principais correntes: uma afirma que o nome original da cidade era "Liuerpul" ou "Litherpool", palavra do antigo saxão que significava "poço de água lodosa"; outra, afirma que o nome da cidade era "Elverpool", em razão da grande quantidade de enguias ("eels") no Rio Mersey, que deságüa na baía de Liverpool.

Brasão da cidade
Datado dos finais do século 18, o brasão da cidade de Liverpool mostra um cormorão ("liver bird") com um ramo de oliveira no bico. O cormorão foi escolhido quase ao acaso, pela grande quantidade dessa ave existente na lama que circundava a cidade. Com o tempo, o brasão foi se modificando, até que a ave ficou muito mais parecida com a ave do escudo do time (ver acima) do que com o cormorão original.


Cores do time
No início, as cores do time eram o azul e o branco. Antes de completar 10 anos de existência, o time passou a ostentar camisas vermelhas e brancas, as mesmas da cidade. E assim ficou até a chegada do lendário técnico Bill Shankly, em 1964, que considerando que o vermelho traria temor aos adversários, resolveu colocar o time todo de vermelho: camisas, calções e meias.

Escudo
O escudo do Liverpool tem ao centro o liver bird, símbolo da cidade. Acima do brasão, uma reprodução da "Shankly Gates", portão no estádio do time em homenagem ao técnico Bill Shankly, além do lema "You´ll Never Walk Alone", música do grupo de rock inglês Gerry and The Pacemakers que virou um hino para os Reds, torcedores do Liverpool. Ao lado do escudo, duas piras flamejantes que lembram as almas de todos os que morreram na tragédia de Hillsborough (quando na final da FA Cup de 89 uma briga resultou na morte de 96 torcedores do time). O verde no escudo é a cor da maioria das estátuas do liver bird espalhadas pela cidade.

Estádio
O estádio de Anfield, inaugurado em setembro de 1884, fica no subúrbio liverpudliano de mesmo nome. Curiosamente, o estádio era casa do Everton (grande rival dos Reds), que o alugava, mas com o aumento dos custos por parte de John Houlding, o dono do estádio, os Toffes acharam por bem procurar outro estádio, o Goodison Park. O nome Anfield vem de "hangfield", devido à grande depressão natural do terreno onde fica o bairro.



MILÃO
Origem do nome da cidade
Acredita-se que o nome Milão venha do celta Medelhan, que significa "no meio da planície", pois a localização original da cidade ficava na várzea entre os riachos Olona e Seveso e nas imediações de dois grandes rios, o Ticino e o Adda. Também por isso, os romanos chamavam a cidade de Mediolanum, uma tradução latina do nome celta.

Brasão da cidade
O escudo de armas da cidade de Milão, que existe desde o início do século 11, é muito simples. Ao centro do escudo branco, a cruz de Santo Ambrósio (bispo de Milão entre 374 e 397). O santo é o patrono de Milão e dá nome à Catedral da cidade, a terceira maior do mundo. Acima do escudo, uma coroa representando a realeza italiana e ao lado, um ramo de louro e um ramo de carvalho




Cores do time
Desde sua fundação (pelos ingleses Alfred Edwards e Herbert Kilpin), as cores do Milan foram o preto e o vermelho. O preto representa a raça e o ardor que os jogadores praticariam o futebol milanista e o vermelho representa a coragem frente aos oponentes. Fundado como clube de críquete e futebol, sempre teve uniforme com camisas listradas e calções brancos, como era natural e comum em times de críquete.

Escudo
O escudo do Milan é tão simples quanto o brasão da cidade. Do lado esquerdo, há a padronagem de listras verticais rubro-negras da camisa do time. Do lado direito, a cruz ambrosiana do brasão. Acima, a sigla ACM (Associazione Calcio Milan) e abaixo, o ano de fundação do time.

Estádio
Giuseppe Meazza (também chamado San Siro). Ao contrário do que se diz, os nomes nada têm a ver com Milan ou sua rival Internazionale: é que o estádio tem o nome de Meazza, atacante que jogou nos dois times (espcialmente na Inter, onde jogou mais de 300 jogos), na Juventus e na Atalanta entre as décadas de 20 e 40. Já San Siro, bairro onde fica o estádio, leva o nome do São Ciro de Gênova (também chamado São Ciro de Pavia), um dos santos mais afeitos à proteção animal.


4 comentários:

Maurício Vargas disse...

MUITO massa. E minha mãe diz que EU sou louco pelas curiosidades do futebol. Quer conhecê-la?

Abraço

Dassler Marques disse...

São poucos os símbolos tão bonitos quanto o do Liverpool.

São poucas as camisas tão bonitas quanto é bonita a do Milan.

São poucos que sabem disso tudo quanto o Bindão.

Borusso disse...

O cormorão!
Calção branco e camisa listrada...o porquê taí!
Qd era pequeno sempre via a propaganda Mediolanum em latim nos jogos.
Bindi rules!!!
Mto massa mesmo! Tb me amarro nessas curiosidades!

Anônimo disse...

Simplismente, "Porrada Seca"(jargão onde se fala aqui em Belém do Pará-Brasil), esses dois times europeus, pra mim os dois melhores do mundo, tanto como: estrutura, competitividade, tradição e raça, são diferenciados haja vista as duas finais na LIGA DOS CAMPEÕES, diz exatamente como são os dois times numa final...

Atenciosamente.

Douglas Amaral.

Belém do Pará, 04 de março de 2008.