terça-feira, 6 de novembro de 2007

IK Sleipner, o primeiro time de Nils Liedholm


Morreu segunda-feira, dia 5, aos 85 anos, o ex-atacante sueco Nils Liedholm, que tornou-se lendário no futebol italiano, tanto como jogador (foi jogador, na Itália, apenas do Milan) quanto como treinador, além de ter sido o capitão da Suécia vice-campeã mundial em 1958, quando perdeu a final em casa para o Brasil.

Liedholm destacou-se no IFK Norrköping, em 1946, e na seleção de seu país, onde formou o famoso trio "GreNoLi", ao lado de Gunnar Gren e Gunnar Nordahl. Pela Suécia, sagrou-se campeão olímpico em 1948. No ano seguinte, transferiu-se para o Milan, onde ficou por doze temporadas. O "GreNoLi" também foi formado com a camisa milanista e na primeira temporada o time marcou incríveis 118 gols em 38 jogos: destes quase 120 gols, 37 foram marcados por Liedholm. Na temporada seguinte (1950/51), ele conquistou o primeiro de quatro títulos nacionais: os outros foram em 1955, 1957 e 1959, os dois últimos com o trio já desfeito.


Mas antes de ir para o IFK Norrköping, jogou quatro anos no IK Sleipner, de Norrköping. O time atualmente disputa a Division 2 Mellersta Götaland, que corresponde a um dos seis grupos da Division 2 (de fato, a 4ª divisão sueca). O time está na segunda colocação do seu grupo, que classifica o primeiro colocado de cada um deles para a 3ª divisão.


Campeão nacional da temporada 1937/38, o IK Sleipner (IK é a abreviação para Idrottsklubben) usa uniformes com camisa listrada em azul e branco, calções e meias azuis. O nome do time vem do termo sueco para a lenda escandinava de Sleipnir (termo que significa algo como suave, escorregadio), o cavalo de oito patas de Odin, principal deus da mitologia nórdica.


O Sleipner foi fundado em 27 de abril de 1903 (e não 4 de outubro, como afirmam algumas fontes), por estudantes que não foram aceitos como jogadores do IFK Norrköping, time mais antigo e mais rico da cidade. Durante todo a primeira metade do século passado, conquistou até mais do que o esperado, com títulos, vice-campeonatos nacionais e na Copa da Suécia.


Liedholm não foi o primeiro jogador do time a fazer sucesso na seleção: Severin Friström e Sven Johansson jogaram muitas partidas pela Suécia, inclusive em Jogos Olímpicos. A curiosidade é que Johansson também foi um grande jogador de boliche: aliás, o esporte foi o primeiro do clube quando ele foi fundado.


Vejam abaixo o IK Sleipner de 1943, com a presença do grande Nils Liedholm:



em pé, da esquerda para a direita: Harry Andersson, Lars Bergström, Arne Linderholm, Stig Gustavsson, Nils Liedholm e Per Lövgren; agachados, da esquerda para a direita: Gösta Westerholm, Rune Nyqvist, Allan Johansson, Sven Andersson e Georg Sahlin.

fontes: Svenskafotbal e site oficial




Um comentário:

Bruno Silva disse...

Muito bom, principalmente pra eu que gosto tanto das histórias futebolísticas.
Mas acho que você deveria colocar as fontes.

Abraços!
http://pandegosepatuscos.blogspot.com/