quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Fim, Brasil 2 a 1

Resultado injusto.

Mais uma vez, Dunga, esse rancoroso, teve sorte.

Um comentário:

Alexandre Anibal (AA) disse...

Foi o melhor jogo que eu vi do Uruguai desde o empate contra o Senegal pela Copa de 2002.

Infelizmente, a Celeste não tem nenhum jogador "fora-de-série" que pudesse selar o destino dela ainda no primeiro tempo. Se o tivesse sairia com uma grande vitória no Morumbi. Mas por esses caprichos que só o futebol é capaz de produzir o Uruguai perdeu injustamente. Acontece.

Apesar da derrota, eu fiquei extremamente feliz pela postura do time em campo. Jogando com vontade, sem dar porrada e partindo pra cima do Brasil. Tomara que o time continue com esse espírito de luta e que os jogadores possam sentir de verdade o que é vestir a camisa do Uruguai, que já acomodou Pedro Rocha, Schiaffino, Scarone, Sasía, Francescoli e tantos outros.