domingo, 3 de junho de 2007

Pela Cruz de Savóia na camisa do Palmeiras

Semana passada, o caríssimo Mauricio Vargas, do Jornalismo Esporte Clube, me perguntou o que era aquela cruz nas costas da camisa da Internazionale (abaixo), campeã italiana. De fato, a cruz na camisa interista é a mesma que aparece no escudo do arqui-rival Milan, ou seja, é a cruz de Santo Ambrósio, (padroeiro de Milão), lembrando o período em que o fascismo obrigou a Inter a se chamar Ambrosiana.


Hoje, assistindo bonita homenagem de Palmeiras e Cruzeiro, dois ex-Palestra Itália que mudaram seu nome sob o punho cerrado e preconceituoso de uma ditadura, tive uma idéia: o Palmeiras (cujo primeiro uniforme tinha uma Cruz de Savóia como escudo, visto na foto abaixo, do time da primeira partida oficial do Palestra Itália, em 1916), deveria ostentar, no alto das costas de sua camisa, a Cruz de Savóia.



* * *

Mas afinal, o que é a Cruz de Savóia?

A origem da Cruz de Savóia é incerta, mas a simbologia "cruz branca e fundo vermelho" é muito comum em vários brasões, significando que para chegar à paz (branco) é necessário sangrar (vermelho).

A Cruz de Savóia é o brasão da Casa de Savóia, família nobre descendente de Umberto I "Biancamano" que dominava a região localizada entre o Piemonte, na Itália, e a França até 1720, quando pelo Tratado de Londres, o rei Vittorio Amedeo II tornou-se Rei da Sardenha. Inclusive, seu descendente Vittorio Emanuele II foi o artíficie da Itália unificada e tornou-se no primeiro rei italiano em 1861. Os Savóia dominaram o Reino da Itália até a proclamação da República Italiana em 1946. Por isso, alguns italianos os consideram traidores da pátria, já que o poder foi entregue ao fascimso mussolinista.

* * *

Independente do simbolismo da Cruz na Itália, mas por reconhecer que o Palmeiras precisa resgatar uma história que lhe foi aviltada, mas nunca morta, que defendo a Cruz de Savóia no uniforme palmeirense, de forma a lembrar que o Palestra Itália, não morreu. Apenas dorme.

5 comentários:

Maurício Vargas disse...

Opa! Valeu, Bindi.

Lucas Santana disse...

a camisa de comemoração dos 90 anos do palmeiras (diadora) ostenta uma cruz de savóia no peito e o brasão verde na manga esquerda. muito bonita, mas o escudo vem na cor azul e não vermelha, acho que essa idéia de atingir a paz derramando sangue já foi ultrapassada.

João E. A. Baccile disse...

Interessante notar que a camisa dos 90 anos tinha o brasão azul apenas no uniforme de jogo. O modelo vendido nas lojas era com o brasão vermelho.

Blog Maglia Verde disse...

Bela idéia Bindi!
Até tomei a liberdade de linkar este artigo no blog, se puder dê uma olhadinha lá...
http://magliaverde.blogspot.com/2008/02/grande-idia.html

um abraço

Sega [S. E. P.] disse...

O modelo das lojas era vermelho e o de jogo azul pq no dia do jogo as camisas vieram com defeito.